Páginas

sábado, 22 de março de 2014

Dia da Escola


15 de marco e Dia da Escola. A Escola VEM de hum Modelo Didático engessado, não quali o Aluno Nunca FOI Instigado um Pensar criticamente. Disciplinas Como Filosofia, Sociologia e História de sempre FORAM ministradas SEM o Exercício da Reflexão, ASSIM Como Matemática, Português e Demais. This insensatez Localidade: Não Deixa alternativa AOS Professores Opaco Localidade: Não exigir Opaco OS Alunos decorem o Conteúdo. Como PODEM OS Alunos se apropriar e Formar Opinião sobre como Teorias dos Filósofos Pensam Localidade: Não se criticamente sobre a atitude ea forma de Pensar Presente na gênese destas Teorias?
A Há varias Maneiras de o professor de instigar o Pensamento Crítico não Como Aluno, Por Exemplo, atraves da Curiosidade, Dúvida da UO da Incerteza, promovendo DISCUSSÃO Crítica e propiciando Argumentos contra UO um favor. Afinal, QUEM PODE garantir o Opaco Opaco ESTA Sendo ali afirmado ESTA imutavelmente Certo? Se o Aluno perceber e se convencer de Opaco ESTA Certo Vai se apropriar com Convicção e Sabera los Opaco situacao Fara USO fazer Opaco ESTA Sendo aprendido. Porem, se discordar e fundamentar PODEM Ser Que esteja Dando Um Novo Rumo ao that Ate O Momento era Tido Como correto. Situacao rara? TALVEZ não!


Dia da Escola


Murais








Dia da Escola

ENFEITES





domingo, 9 de março de 2014

Dia da Mulher


Objetivo da Dados 
Ao ESTA dados criada serviços, Nao se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos countries, realizam-SE Conferências, debates e REUNIÕES Cujo Objetivo E discutir O Papel da Mulher na Sociedade Atual. O esforço de e de para tentar Diminuir e, QUEM SABE Um Dia Terminar, com o preconceito ea desvalorização da Mulher. MESMO COM de Todos os Avanços, ELAS AINDA sofrem, EM muitos CRP, com Salários Baixos, Violência masculina, jornada Excessiva de  Trabalho  e desvantagens na Carreira Profissional. Muito FOI Conquistado, mas AINDA HÁ Muito parágrafo Ser Modificado Nesta História.

Conquistas das Mulheres Brasileiras 
PODEMOS DiZer Que o dia 24 de fevereiro de 1932 FOI UM marco na História da Mulher brasileira. Dados Nesta FOI instituído o voto feminino. Como Mulheres conquistavam, DEPOIS de muitos Anos de reivindicações E DISCUSSÕES, O Direito de Votar e Serém eleitas cargas para no Executivo e  legislativo .

Marcos das Conquistas das Mulheres na História 

- 1788 - o Político e  Filósofo  Francês Condorcet reivindica DIREITOS de Participação politica,  Emprego  e  Educação  do Pará como Mulheres.
- 1840 - Lucrécia Mott Luta Pela Igualdade de Direitos de para Mulheres e negros dos  ESTADOS UNIDOS .
- 1859 - Surge na  Rússia , na Cidade de São Petersburgo, um Movimento de Luta Pelos DIREITOS das Mulheres.
- 1862 - Durante quanto Eleições Municipais, como Mulheres PODEM Votar Pela Primeira Vez na Suecia.
- 1865 - na  Alemanha , Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.
- 1866 - No Reino Unido, o economista John S. Moinho escreve exigindo o Direito de voto parágrafo como Mulheres inglesas
- 1869 - E criada nn ESTADOS UNIDOS um parágrafo Associação Nacional o Sufragio das Mulheres
- 1870 - Na França, como Mulheres Passam a ter Acesso EAo Cursos de  Medicina .
- 1874 - criada há  Japao  uma Primeira Escola Moças normais parágrafos
- 1878 - criada na Rússia UMA Universidade Feminina
- 1901 - o Deputado Francês René Viviani Defende o Direito de voto das Mulheres



Enfeites com lixa de unha e Pregador









  
 

quinta-feira, 6 de março de 2014

Carnaval


O carnaval é a festa popular mais celebrada no Brasil e que, ao longo do tempo, tornou-se elemento da cultura nacional. Porém, o carnaval não é uma invenção brasileira nem tampouco realizado apenas neste país. A História do Carnaval remonta à Antiguidade, tanto na Mesopotâmia quanto na Grécia e em Roma.


A história do carnaval no Brasil iniciou-se no período colonial. Uma das primeiras manifestações carnavalescas foi o entrudo, uma festa de origem portuguesa que na colônia era praticada pelos escravos. Depois surgiram os cordões e ranchos, as festas de salão, os corsos e as escolas de samba. Afoxés, frevos e maracatus também passaram a fazer parte da tradição cultural carnavalesca brasileira. Marchinhas, sambas e outros gêneros musicais também foram incorporados à maior manifestação cultural do Brasil.

Carnaval

Marchinhas de Carnaval

Mamãe Eu Quero

Mamãe, Eu Quero, mamãe, Eu Quero 
Mamãe, Eu Quero mamar 
Dá a chupeta, da Uma chupeta 
Dá a chupeta pro Bebê Localidade: Não chorar
Mamãe, Eu Quero, mamãe, Eu Quero 
Mamãe, Eu Quero mamar 
Dá a chupeta, da Uma chupeta 
Dá a chupeta pro Bebê Localidade: Não chorar
Dorme, filhinho Do Meu Coração 
Pega a mamadeira e VEM Entrar nenhum Meu cordão 
Eu Tenho UMA Irmã Que si Chama Ana 
De PiscaR o Olho JÁ SEM ficou UMA pestana
Mamãe, Eu Quero, mamãe, Eu Quero 
Mamãe, Eu Quero mamar 
Dá a chupeta, da Uma chupeta 
Dá a chupeta pro Bebê Localidade: Não chorar
Mamãe, Eu Quero, mamãe, Eu Quero 
Mamãe, Eu Quero mamar 
Dá a chupeta, da Uma chupeta 
Dá a chupeta pro Bebê Localidade: Não chorar

Ó Abre Alas

Ó Abre Alas 
Que Eu Quero passar 
Ó abre alas 
Que Eu Quero passar
Eu sou da Lira 
Localidade: Não POSSO Negar 
Eu sou da Lira 
Localidade: Não POSSO Negar
Ó Abre Alas 
Que Eu Quero passar 
Ó abre alas 
Que Eu Quero passar
Rosa de Ouro 
E Que Vai ganhar 
Rosa de Ouro 
E Que Vai ganhar

 

Cabeleira Do Zezé





Olha a cabeleira do Zezé
Sera, Que Elemento E?
Sera, Que Elemento E?
Olha a cabeleira do Zezé
Sera, Que Elemento E?
Sera, Que Elemento E?
Sera, Que Elemento E bossa nova?
Sera, Que Elemento E Maomé?
Parece Que E transviado
Mas ISSO eu nao sei se Elemento E
Corta o Cabelo! DELE
Corta o Cabelo! DELE
Corta o Cabelo! DELE
Corta o Cabelo DELE!

Carnaval

TRABALHANDO AS MARCHINHAS DE CARNAVAL












Carnaval

Murais
















BEIJOS NO CORAÇÃO!